Reta final de preparação para o Gavião; números do jogo-treino realizado na quinta-feira

Reta final de preparação para o Gavião; números do jogo-treino realizado na quinta-feira

O Manaus FC entrou em semana decisiva visando o Campeonato Brasileiro da Série C. Após um pouco mais de 20 dias de treinamento, o clube realizou dois jogos-treinos, um na quinta-feira (30), contra o mixtão do Fast Clube, e o último, no sábado (1), encarou o Betânia FC.

Por mais que a comissão técnica e alguns torcedores falem que o resultado desses jogos não importa, no fundo, todos sabem que isso serve apenas como discurso oficial, que é compreensível, mas convenhamos, situações como a bronca de Fajardo ao fim da 2ª parte do treinamento em que o Fast venceu o Manaus por 2 a 0 não são puras casualidades, o placar naquele momento com certeza fez diferença na hora de soltar frases como: ”nós somos profissionais”.

Mas algo é necessário destacar que de fato os jogos-treinos servem para registrar eventuais erros, rodar o elenco e dar ritmo de jogo, ainda mais após um período tão longo de inatividade.

Talvez os 8-0 contra o Betânia FC na Arena da Amazônia sem a presença da imprensa, tenham sanado certas dúvidas da cabeça do técnico Wellington Fajardo sobre que time colocar na estreia contra o Vila Nova. Mas algo curioso que aconteceu no 1º jogo-treino, foi a já mencionada derrota por 2 a 0 na 2ª parte do treinamento. Uma das duvidas de Fajardo antes daquele jogo era de como iria desenhar o seu meio-campo sem os dois volantes titulares (Derlan e Panda) e, o na teoria, reserva imediato (Gilson Alves).

A escalação que saiu derrotada e tomou a bronca de Fajardo tinha justamente as duas opções que restam no elenco para a posição: Carrilho e Felipe Baiano. É claro, Fajardo nesta mesma partida usou Gabriel Davis mais recuado, colocou Ramon de primeiro volante e ainda com atletas como Janeudo, que podem jogar um pouco recuado, na posição de segundo volante.

Jonathan; Igor, Spice, Luís Fernando, Rennan; Felipe Baiano, Carrilho, Gabriel Davis; Fumaça, Rossini e Alison Mira

Números da 2ª parte do treinamento

Manaus FC

54% posse de bola
5 finalizações
1 No alvo
0 travadas
162 passes
145 certos
17 errados
7 faltas
1 escanteio
14 bolas longas
6 bolas na área
8 desarmes
0 impedimento

Fast (“Sub-20”)

46% posse de bola
4 finalização
2 no alvo
0 travada
143 Passes
127 Certos
16 Errados
7 faltas
1 escanteios
8 bolas longas
2 bolas na área
7 desarmes
0 impedimentos

Números dos 90 minutos

Manaus FC

56% posse de bola

18 finalizações
06 No alvo
05 travadas
532 passes
467 certos
65 errados
27 faltas
04 escanteio
30 bolas longas
28 bolas na área
21 desarmes
01 impedimento

Fast Clube (“Sub-20”)

44% posse de bola

06 finalizações
03 no alvo
01 travada
414 Passes
362 Certos
62 Errados
16 faltas
01 escanteios
33 bolas longas
04 bolas na área
15 desarmes
00 impedimentos

Foto: Ismael Fotos Esportivas

Daniel Prestes

Criador e editor do Camisa 12 e repórter do jornal A Crítica/CRAQUE. Apaixonado por estatísticas no futebol.

Deixe uma resposta