Lecheva fala sobre equilíbrio do grupo e projeta vitória na próxima rodada: “É fundamental”

Lecheva fala sobre equilíbrio do grupo e projeta vitória na próxima rodada: “É fundamental”

Após cinco partidas e somando oito pontos na tabela de classificação, o Fast ocupa a quarta posição do grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Série D. O Tricolor de Aço é superado apenas por Bragantino-PA (10 pontos), Galvez-AC (10 pontos) e Rio Branco-AC (nove pontos). Para o técnico Ricardo Lecheva, o empate da última rodada foi bom por se tratar de um confronto contra um adversário direto, mas destacou que contra o Vilhenense o único resultado que interessa é a vitória.

“Eu sempre coloco para os atletas que o próximo jogo é o mais importante do campeonato, principalmente depois de toda a rodada, não tem como não considerar bom o empate contra o Ji-Paraná, fora da casa, ainda mais levando em consideração que eles estão brigando pela liderança, mas agora contra o Vilhenense não tem outro resultado que não seja a vitória, dentro de casa temos que buscar os três pontos, voltar para a liderança, que é um dos nossos objetivos”, disse Lecheva.

Lecheva também falou sobre o equilíbrio apresentando dentro do grupo, disse que equipes do Acre têm se aproveitado de fator casa, mas que nas próximas rodadas sua equipe também terá mais jogos dentro de seus domínios para conseguir conquistar mais pontos na competição.

“A situação estar embolada no grupo, a gente foi uma das equipes que menos jogaram em casa ao lado do Independente e do próprio Vilhenense, os times do Acre estão atuando mais dentro de casa nesse primeiro momento, mas a tendência é que isso mude e a gente tenha mais jogos nos nossos domínios. O foco é vencer o Vilhenense, a nossa equipe precisa conquistar os três pontos, isso é fundamental”, disse o técnico.

Bacas retorna; Denis e Daivison serão reavaliados

Após ter perdido o confronto contra o Ji-Paraná na quinta rodada da Série D, o meia-atacante Emerson Bacas está disponível para retornar ao time contra o Vilhenense-RO, nesta quarta-feira (14), às 20h (horário de Manaus), no estádio Ismael Benigno. A informação foi confirmada pelo médico do Fast, o doutor Carlos Feitosa, que disse que o jogador realizou dois exames que não detectaram positivo para Covid-19, além de ter sido submetido à exames laboratoriais que não detectaram nenhuma alteração na saúde do atleta.

O doutor também disse que irá avaliar os casos do volante Denis Pedra e do atacante Daivison, o primeiro se recupera de problema muscular e o segundo de uma pancada no tornozelo que sofreu na partida contra o Independente-PA. O meia Marco Goiano também deverá passa por uma avaliação com o departamento médico para detectar se ouve evolução no tratamento, o jogador vem realizando trabalho com bola, mas ainda separado do restante do elenco principal.

Foto: Iago Albuquerque

Daniel Prestes

Criador e editor do Camisa 12 e repórter do jornal A Crítica/CRAQUE. Apaixonado por estatísticas no futebol.

Deixe uma resposta