Dividindo opiniões na Bahia, Marcelinho é anunciado como novo reforço do Vitória

Dividindo opiniões na Bahia, Marcelinho é anunciado como novo reforço do Vitória

Nascido em Manacapuru, mas naturalizado búlgaro, o jogador de 35 anos que já havia anunciado sua saída do Ludogorets, clube em que estava desde 2011, foi anunciado na última segunda-feira (27) pelo Vitória-BA. O meia atacante conversou com o Camisa 12 e comentou sobre as expectativas de atuar pelo rubro-negro baiano. 

Depois de tantos anos fora do Brasil, voltar e vestir a camisa do Vitória, um clube de tradição e de camisa. Estou bem feliz, motivado e ansioso também por esse primeiro contato 

O novo time de Marcelinho já foi eliminado do Campeonato Baiano e da Copa do Nordeste. E neste retorno pós-paralisação só terá a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B, aonde na estreia, no dia 8 de agosto, enfrenta o Sampaio Corrêa-MA no estádio Barradão.

Marcelinho também ressaltou sobre a readaptação ao futebol brasileiro. “De fato vou ter que me readaptar e para isso ser mais rápido pretendo focar na parte física que é muito importante para estar o mais breve possível dentro de campo”. 

O jogador foi campeão das últimas nove edições da Primeira Liga Búlgara, além de também ter conquistado duas Taça e quatro Super Taça da Bulgária. Chegou até a ganhar o título de melhor jogador estrangeiro da liga, e a marcar pela seleção do país em um amistoso contra Portugal. Agora ele traça planos com o Leão da Barra. 

“Tudo que aconteceu na minha carreira na Europa passou e agora a gente foca no Vitória, em busca dos objetivos que o clube quer conquistar. Estamos juntos nessa empreitada pra subir pra Série A, ainda temos chance também na Copa do Nordeste. E em todos os objetivos do clube eu estou junto e vamos dar o máximo dentro de campo, com certeza”.

Chegada dividiu opiniões 

Após o anúncio de Marcelinho na pagina oficial do Vitória, o torcedor baiano encheu a postagem de mensagens colocando em dúvida se a contratação foi positiva ou não por conta de sua idade e também por não conhecer o atleta amazonense. Outro torcedores trouxeram os números de Marcelinho na Bulgária para embasar seus argumentos na hora de emitir alguma opinião.

Pietra Telles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *